sexta-feira, 21 de setembro de 2012

"Como Combater o Excesso de Ácido Úrico com a Alimentação"

 
                                    
O excesso de ácido úrico pode trazer uma série de complicações que culminam em doenças como a Gota e os cálculos renais, conhecidos popularmente como “pedras nos rins” por exemplo. A substância é produzida naturalmente pelo organismo, sendo que parte dele permanece no sangue e o restante é eliminado pelos rins. Mas, pode ocorrer um aumento na produção de ácido úrico por motivos diversos, seja porque a sua produção aumentou muito, porque a pessoa está eliminando pouco pela urina ou ainda por interferência do uso de certos medicamentos.
O que acontece é que o excesso desse ácido promove a formação de pequenos cristais de urato de sódio semelhantes a agulhas, que vão se depositando em vários locais do corpo, de preferência nas articulações, mas também nos rins, sob a pele ou em qualquer outra região do corpo. O combate ao excesso de ácido úrico é feito em associação a uma alimentação saudável, rica em as frutas, principalmente maçã e o limão. Além disso, o consumo abundante e regular de água vai hidratar o organismo e tornar a urina mais diluída, favorecendo a excreção de ácido úrico e reduzindo o risco de formação de cálculos renais e do aparecimento da Gota.
Por outro lado, devem ser evitados os carboidratos refinados, açúcares e amidos; as frituras e gorduras saturadas; as carnes em geral: bovina, suína, peixes e aves; os frutos do mar e peixes pequenos como sardinhas, arenque, anchova, mexilhão, cavalinha, camarão e ovas de peixes; queijos; ovos; chocolate; leguminosas como o feijão, grão de bico, ervilha, lentilha, grãos integrais; tomate com sementes; café e chás e alimentos com níveis moderados de proteínas, como o espinafre, aspargo e cogumelo.
Um suplementação vitamínica também é de fundamental importância, sendo indicados: ácido fólico, ácido pantotênico, betacaroteno, vitamina C, vitamina E, zinco, vitaminas do complexo B, ômega-6, entre outras.
Consulte seu Nutricionista,pois cada caso deve ser bem avaliado.
Sucos contra ácido úrico e gota
½ pepino médio ½ cenoura média 1 copo de água-de-coco ou 1 copo de água mineral
Modo de preparo: passar pela centrífuga a cenoura e o pepino, e em seguida misturar com água-de-coco ou água mineral.
Suco de melancia
2 xícaras com pedaços de polpa de melancia com sementes 1 copo de água-de-coco ou água mineral Adoçante a gosto
Modo de preparo: colocar no liquidificador, bater rapidamente, coar e tomar em seguida.
Dose recomendada: três vezes ao dia.
Principais elementos terapêuticos
A melancia tem muitos elementos essenciais para fortalecer o organismo.Um deles é o licopeno, pigmento que confere a cor vermelha à melancia. Pesquisas realizadas na Alemanha pelo Dr. Helmut Sies constataram que o licopeno é um varredor de radicais livres, evitando o câncer. O suco da polpa da melancia, incluindo as sementes, elimina mais rapidamente o ácido úrico do organismo, fazendo com que os filtros renais funcionem melhor durante a passagem de água por eles. A melancia é composta de 90% por água e possui apenas 31 calorias. Água-de-coco: contém muitos minerais, que são ótimos para hidratar e remineralizar o organismo. Possui apenas 20 calorias por 100 ml. Pepino: é alcalinizante, refrescante e excelente mineralizante (contém fósforo, potássio, cálcio, enxofre, etc.), além de ser laxante. E usado com muito sucesso no combate à gota e ao ácido úrico. A combinação dos legumes, suco de pepino e cenoura é recomendada por hospitais naturalistas, pelo seu efeito benéfico no tratamento de ácido úrico e gota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário